(48) 9128 - 5039
   Entre em contato
   Chat offline
   Faça login
Ativismo Judicial Processual
ESTE PRODUTO É OFERTADO ENQUANTO OS ESTOQUES DURAREM.
DETALHES DESTE PRODUTO:
Iniciativa do Juiz na formulação dos argumentos e na produção da prova em cotejo com o princípio do contraditório
 
Navega-se, nesta obra, pelas tormentosas águas do ativismo judicial processual. O papel ativo do juiz que será posto em pauta é aquele realizado de ofício na produção de provas e/ou na inserção de argumentos, despicienda alegação ou pedido dos contendores, confrontado com o princípio do contraditório. Principia-se com a abordagem acerca do alcance da expressão ativismo judicial visando estabelecer o conceito operacional pelo qual se debruçará a pesquisa, de modo a propiciar a definição científica necessária à avaliação do conteúdo. Segue-se com o tratamento conceitual de Estado e Constituição, passando pelo fenômeno da força normativa da Constituição, direitos fundamentais, bem como breve análise histórica do princípio do contraditório. Em seguida, a toada versa sobre jurisdição, processo e procedimento. Serão aventadas quais são os prevalentes pensamentos que conceituam e classificam processo, suas matrizes e reflexos, a fim de identificar se resistem aos predicados do processo jurisdicional democrático hodierno. Definido o contraditório em bases democráticas, será assentada a necessidade de se desconjuntar o direito material e o direito processual, bem como apreciada a questão dos pretensos escopos sociais e políticos do processo, visitando, também, as denominadas decisões surpresa. Por fim, a abordagem será sobre as perspectivas do ativismo judicial processual no direito brasileiro e no direito da União Europeia. No direito brasileiro a análise será sobre aspectos relativos à motivação das decisões judiciais e à prova no Código de Processo Civil de 1973 e no novo Código de Processo Civil, promulgado em 2015, frente aos primados da Constituição Federal de 1988. A perspectiva do ativismo judicial no direito da União Europeia, após breve contextualização, permeará o princípio da tutela jurisdicional efetiva, assim como o papel dos juízes na tradição europeia. Trabalhadas separadamente as perspectivas do ativismo judicial processual no Brasil e na Europa, serão aventadas eventuais (in)congruências com o que preveem e um modelo democrático de processo, concebido no paradigma do Estado Democrático de Direito.
PREÇO: R$ 33,00
ADICIONE UMA VARIAÇÃO
INFORMAÇÕES ADICIONAIS:
EDITORA: Empório
AUTOR: Tiago Fachin
ACABAMENTO: Brochura
NÚMERO DE PÁGINAS: 126
ANO DA EDIÇÃO: 2016
DIMENSÕES: 14 x 21 cm
Sobre nós
 
A Habitus Editora tem como objetivo principal a publicação de trabalhos universitários, TCC, monografias, teses e estudos, além de obras de relevância que contribuam com a atualização dos profissionais do Direito, bem como o enriquecimento da pontuação do seu lattes. Não espere mais, envie uma cópia do arquivo do seu trabalho para [email protected] e logo lhe enviaremos uma proposta de publicação.
Através das nossas lojas virtuais: Amazon e PagSeguro atendemos todo o Brasil, divulgando e comercializando obras publicadas pela Habitus, de Autores Autônomos e de Editoras parceiras.
Faça contato
 
  (48) 99128 - 5039
  (48) 3365 - 8945
  Florianópolis/SC
Home   •   Topo   •   Sitemap
Facebook Twitter Google+ Google Pinterest LinkedIn Email Addthis
© Todos os direitos reservados.